Organizando as Malas

Organizando as Malas

Viajar é muito legal, prazeroso, algo que dá a vontade de fazer mais de uma vez por ano. Mas tem uma parte chata, normalmente menosprezada pelos mais inexperientes, e que acaba sendo deixada para o final, e aí começa a confusão, a correria e para no final acabar cansando, se desgastando, e ainda descobrir que levou coisas à mais – ou pior – levou coisas à menos.

Siga as dicas abaixo, é só uma ajuda básica, mas que refinamos ao longo de algumas viagens.

Parte 1: O que Levar?

Para não esquecer nada do que você precisa levar faça um checklist, seja no papel, planilha, celular, mas anote em algum lugar tudo o que você tem que levar, desde documentos até peças de roupas, dessa forma garantindo que não vai esquecer nada na hora de arrumar a sua mala, nem levar coisas à mais que o necessário. E lógico não deixe para arrumar a mala em cima da hora, arrume com antecedência, assim vai curtir sua viagem sem nenhum imprevisto, e nenhuma corrida!

Reveja esse checklist algumas vezes, lembre-se de que o for esquecido vai te causar problemas ou custos de aquisição no destino, mas o que for levado à mais pode te causar um excesso de bagagem (custa muito caro ter esse problema) e a falta de espaço para trazer lembranças de sua viagem.

As características do destino são essenciais na hora de criar essa lista. O clima da cidade, a época do ano, os tipos de passeios a serem feitos, a duração e o estilo da viagem (há passeios mais informais que outros, por exemplo) e outras informações relacionadas — quanto mais dados, melhor.

Lembre-se de priorizar o conforto ao escolher as roupas e os calçados que vai levar. O ideal é optar por peças básicas: além de facilitar as combinações, é possível repeti-las ao longo da viagem. Isso significa que se ocupa menos espaço, mas mantêm-se as possibilidades de aparecer bem nas fotos — que é o que importa, certo?

Quando selecionar as peças para a lista, lembre-se do que falamos acima, sobre o clima no destino. É essencial adicionar itens apropriados (ou estar preparado para comprá-los lá) e, se for para regiões litorâneas, não se esqueça dos trajes de banho e seus acessórios. Afinal, não dá para sair de casa e passar frio ou calor por falta de planejamento, não é mesmo?

Parte 2: Organizando a Bagagem a ser Despachada

Compre sacos plásticos para viagem, que permitirão organizar melhor suas malas a serem despachadas, evitarão “perder” alguma coisa dentro dela, e ajudarão a garantir que suas roupas não amassem e otimize melhor o espaço tão exíguo de uma mala.

Itens mais pesados devem ser colocados primeiro, no fundo da mala. Sapatos e chinelos devem ir dentro de saquinhos, o que ainda ajuda a evitar sujar as roupas.

Enrolar peças de algodão ajuda a organizar
melhor sua mala, e permitem colocar mais
peças!

Prefira um vestuário mais despojado (exceto se você está indo a negócio, ou vai participar de algum evento especial), blusas e camisetas de algodão que podem ser enroladas – ocupando menos espaço ainda, e não amarrotando -, chinelos e sapatos simples (como tênis).

Lembre-se que menos é mais neste quesito. Não leve cinco calças diferentes, em geral duas são suficientes, e inclua outras duas bermudas. Lembre-se que você não desfilar, vai apenas aproveitar os passeios, vai andar muito – portanto nada de sapatos de salto alto, ou sociais.

A parte de cima da mala grande permite você
levar mais daquelas peças que podem ser
enroladas ou mesmo colocar um ou dois pares
de chinelos!

Aproveite os espaços nas laterais das malas e dentro de sapatos para colocar meias, cuecas e calcinhas bem dobradas ou enroladas – não amassam e cabem em qualquer canto de sua mala.

Aproveite também o espaço no topo da mala, que é fechado por uma divisória com zíper, para colocar outros itens menores – principalmente aqui: leves e dobráveis – aumentando o volume do que você conseguirá levar.

Parte 3: Organizando a Bagagem de Mão

Aqui use também os sacos plásticos para viagem, que ajudam na organização das malas. Leve além de todos os documentos (passaporte, reservas de hotel e de passeios pré adquiridos, seguro viagem), todos dentro de pasta plástica fechada por elástico, e também uma muda de roupa bem simples para emergências (se sua mala embarcada não aparecer na esteira, você pode pelo menos ir tranquilamente comprar outras peças de roupa em seu destino, depois de chegar ao hotel). Também leve aqui um casaco leve para emergências.

Itens de beleza escova de dentes, creme dental, perfume (para homens não esquecer de colocar aparelho ou lâminas de barbear, loção e creme pós-barba – e para mulheres não esquecer de incluir maquiagem, escova de cabelo, absorventes).

Se você também for levar uma mochila, prefira colocar nela os documentos e os seus remédios (se eles forem de uso controlado leve sua cópia da receita médica), e pelo menos um agasalho mais leve para eventualidades e mesmo para usar no ambiente bem refrigerado do avião – são muitas horas de voo, num espaço onde você não vai poder se movimentar muito (portanto, se aquecer).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.